Skip to content

Maddie: Ingleses falam em rapto por encomenda

26/10/2009

EspañolEnglishFrançais

A teoria não é nova mas, de acordo com o publicado ontem no jornal britânico Daily Star, o alegado rapto de Maddie seria uma encomenda perpetrada por um perigoso criminoso argelino que, a troco de cem mil euros, levou a criança para Marrocos.
Segundo a mesma informação, Maddie foi transportada para o norte de Africa através do ferry que liga o sul de Espanha a Marrocos.
O diário britânico, que diz ter recebido informações do “submundo do crime”, avança que a informação foi conhecida depois do criminoso argelino se ter gabado do rapto junto de dois traficantes de droga ingleses, Paul Bennett e James Neil.

O Argelino que “raptou” Maddie por 100.000 euros?

O Argelino que “raptou” Maddie por 100.000 euros?

O argelino, que responde aos nomes de Younis ou Tariq, é descrito como sendo de pele escura, cabelo encaracolado e apresentando cicatrizes faciais, correspondendo a um dos retratos robots já conhecidos no caso. O homem seria, segundo a fonte citada pelo quotidiano inglês, “conhecido da polícia em Portugal”.
O 24horas apurou entretanto que as informações citadas pelo Daily Star, e alegadamente provenientes do “submundo do crime”, já tinham sido avançadas em Portugal por um advogado ligado ao caso e que se baseava num relatório dos detectives espanhóis da Metodo 3 que estiveram ao serviço de Kate e Gerry McCann.
A agência espanhola realizou diversos relatórios acerca do desaparecimento de Maddie mas também acerca da vida privada dos inspectores da PJ responsáveis do inquérito, nomeadamente de Gonçalo Amaral – relatórios que os detectives disponibilizaram àquele advogado e que têm sido utilizados publicamente.
“Não existe qualquer inquérito em curso, a essa ou a qualquer outra alegada pista, e o caso continua a ser da responsabilidade das autoridades portuguesas,” diz uma fonte da polícia de Leicestershire, contactada pelo 24horas.

Polícias com humor britânico

Não é a primeira vez que “alegadas informações” e “especulações” acerca do caso Maddie fazem manchete nos jornais ingleses. Ainda a semana passada o governo britânico desmentiu oficialmente que o seu primeiro-ministro estaria em contacto com as autoridades americanas a quem, segundo o Sunday Express – jornal do mesmo grupo que o Daily Star – Gordon Brown queria pedir as imagens do satélite que alegadamente vigiava a costa portuguesa.
A informação avançada ontem pelo Daily Star “tem o valor da sua promoção de domingo, por 40 pences (pouco mais de 50 cêntimos)  o leitor leva os dois jornais,” ironizou fonte do Home Office em resposta ao 24horas.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: