Skip to content

Detectives procuram ligação entre os casos Maddie e Yeremi

28/06/2009

Sete suspeitos: um para cada dia da semana

“Daily Express Weekend” - pag. 7 por James Murray

Ithaisa Suarez no “Daily Express Weekend”

EspañolFrançais

Os dois ex-policias contratados por Kate e Gerry McCann querem interrogar um cidadão inglês “que não sabem se esteve na Praia da Luz na noite em que Madeleine desapareceu” e que está actualmente detido a aguardar julgamento por homicídio. O homem, cuja identidade ainda não foi revelada abertamente por nenhum tablóide inglês, é um expatriado britânico que viveu em diversas regiões de Espanha, nomeadamente na Gran Canaria, não longe do local onde Yeremi Vargas desapareceu em Março de 2007.
Ambas as crianças desapareceram em 2007 e as “coincidências” acabam ai como confirmam os investigadores espanhóis e portugueses que trabalharam nos dois casos, o que não impediu o “Daily Express Weekend” de dar voz na sua edição de hoje à mãe de Yeremi, Ithaisa Suarez, perguntando se o novo suspeito não estaria envolvido no desaparecimento do menino.
De acordo com aquele tablóide, citando o ex-policia Dave Edgar, o alegado suspeito é uma das sete “pessoas interessantes” que devem ser interrogadas na investigação ao desaparecimento de Maddie.
Passados mais de dois anos, tal como haviam feito todos os detectives privados contratados anteriormente pelo casal McCann, os ex-policias sugerem uma eventual ligação aos casos espanhóis: “Ele quer saber se o desaparecimento de Madeleine está de alguma forma ligado ao rapto de Yeremi na Gran Canaria a 10 de Março de 2007,” diz o “Daily Express Weekend” citando Edgar.

“Maddie: de waarheid achter de leugen”

“Maddie: de waarheid achter de leugen”

Amaral entre os livros mais vendidos

De acordo com “GfK Retail & Technology en Boek.be” o livro de Gonçalo Amaral, intitulado “Maddie: de waarheid achter de leugen” – a tradução flamenga de “Maddie, a Verdade da Mentira” – fez a sua entrada no Top 10 dos livros mais vendidos na Bélgica.

Duarte Levy


Nota: todas as informações publicadas neste blogue ou em qualquer outro blogue da minha autoria são autênticas e foram sempre devidamente verificadas e confirmadas junto de diversas fontes, como é exigido a qualquer jornalista. Como é óbvio, estou sempre pronto para defender em justiça toda e qualquer alegação em contrário. Quaisquer outros assuntos que não têm ligação directa com o meu trabalho mas sim com a minha vida privada e com o fim de uma relação amorosa de vários meses, não merecem sequer resposta… pelo menos não aqui.

One Comment
  1. apenas eu permalink
    29/06/2009 10:14

    ….”não merecem sequer resposta… pelo menos não aqui.”

    Apreciei positivamente a nota e a postura.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: