Skip to content

Pela 8ª vez o sistema “Alerta Rapto” recuperou uma criança

14/04/2009

É o mesmo sistema que Portugal adoptou depois do caso Maddie

Elise e o seu pai

Elise e o seu pai

Elise, a menina raptada no passado dia 20 de Março em Arles, França, foi ontem recuperada pelo pai na Hungria graças ao mandado de detenção europeu que a França lançou no quadro do sistema “Alerta Rapto” cujo modelo foi adoptado este ano por Portugal.
A menina, filha de pai francês e mãe russa, tinha sido raptada em plena rua por dois homens e uma mulher naquilo que a policia francesa qualificou de “operação comando” e na qual a criança foi embarcada de força num carro enquanto o seu pai foi agredido com violência tendo sofrido graves ferimentos.
Ontem o pai de Elise pode recuperar a filha, cujo visual tinha sido completamente modificado pela mãe para confundir os investigadores: com o cabelo cortado curto e disfarçada, Elisa tem agora mais o aspecto de um rapazinho do que de uma menina.
O sistema francês de “Alerta Rapto” foi utilizado pela oitava vez desde a sua existência e, mais uma vez, o sucesso confirmou-se.
O sistema francês, agora adoptado em Portugal, contrariamente ao sistema preconizado pelos ingleses e americanos, tem em conta a verdadeira necessidade de serem utilizados os meios de comunicação social para além de uma real e verdadeira coordenação entre os diversos intervenientes: família, policia e o Ministério Publico.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: