Skip to content

Criminosos de guerra vivem em toda impunidade no Reino Unido

24/03/2009

De acordo com o programa “File on 4” da BBC, mais de 200 pessoas responsáveis por crimes de guerra e outras violações dos direitos humanos vivem no Reino Unido sem quaisquer restrições, muitos dos quais, com o conhecimento do serviço de fronteiras.
Apesar de nos últimos cinco anos, os serviços de fronteiras terem recomendado a rejeição de 330 pedidos de asilo ou de imigração, invocando que os candidatos eram suspeitos de crimes de guerra ou contra a humanidade, apenas 22 pessoas foram encaminhadas para a polícia nos últimos cinco anos.
“Existe a suspeita no mundo inteiro de que o Reino Unido concede refúgio às pessoas que tenham cometido genocídio e tortura,” disse Lord Carlisle à BBC acrescentando que algumas das pessoas que vivem no país “são suspeitas dos mais terríveis crimes, envolvendo assassinatos em grande escala”.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: